Onde dá a Bola?

Artigo de Opinião

Quer escrever artigos de opinião? Contacte-nos aqui!.

Ranking Onde Bola 2017-2018 - jornada 9

Melhor Onze da jornada 9 da Liga NOS

Ranking Onde Bola 2017-2018 - jornada 9

Vamos aos números da jornada 9 da Liga NOS. Os três grandes ganharam com alguma facilidade (FC Porto e Sporting CP com grande facilidade, mesmo) e isso nota-se no onze da semana. Talvez se esperasse que Bas Dost e Acuña, ou mesmo Podence, pudessem fazer parte deste onze. Isso não acontece essencialmente porque os três jogadores estiveram envolvidos nos golos, directa ou indirectamente, mas no resto do jogo estiveram pouco envolvidos. E o jogo, que tem 90 minutos, é bastante mais do que as situações de finalização. É preciso estar envolvido em todas as acções do jogo para chegar a situações de finalização.

No sector defensivo há duas estreias e três repetições. Cássio do Rio Ave, Felipe e Ricardo do FC Porto são repetentes no onze da semana, mas não posso deixar de realçar a exibição do lateral do FC Porto. Cinco recuperações, duas intercepções, quatro desarmes e dois duelos aéreos ganhos (não perdeu nenhum) completam a performance defensiva de grande nível (8.12). A somar a isso, um golo, duas assistências, dois dribles e um cruzamento, com muitos passes bem sucedidos que fazem com que o lateral português deixe em vergonha a maioria dos extremos do mundo! As novidades são Raul Silva do Sp. Braga e Grimaldo do SL Benfica que apesar de boas prestações não foram excepcionais.

Os médios da semana são Vukcevic do Sp. Braga e Hélder Tavares do Tondela, ambos estreantes. A exibição do médio cabo verdiano de 27 anos foi bastante interessante em termos ofensivos e por isso deixo aqui os números deste jogo: um golo, uma assistência, dois dribles e trinta e seis passes com sucesso, grande parte no meio campo ofensivo. Digno de registo!

No ataque temos três repetições (um deles é quase crónico) e uma novidade. Fábio Martins do Sp. Braga é a novidade no corredor esquerdo, sem deslumbrar. As repetições de Corona e Aboubakar do FC Porto que aparecem pela segunda vez nesta temporada, depois da goleada por 6-1 ao Paços de Ferreira, que custou mais uma chicotada psicológica. Já Jonas do SL Benfica, aparece pela quinta vez nas sete jornadas que analisámos. É quase absurda a qualidade do Brasileiro. E neste jogo não são os dois golos de penalty que o demonstram, apesar de ser preciso qualidade para os materializar, juntou aos golos dois passes para finalização, 3 remates enquadrados, dois dribles e 34 passes com sucesso (em 42).

Na classificação continua tudo na mesma na frente da tabela, com um FC Porto forte e apenas com 1 empate, um Sporting CP forte colectivamente e com Podence em bom nível (que dificilmente joga nos jogos fora) e uma SL Benfica fraquíssimo colectivamente, que permite oportunidades flagrantes a qualquer equipa e em qualquer jogo (e sofre golos!) mas que tem uma boa novidade. O guarda-redes de 18 anos Svilar pode vir a resolver parte dos problemas de controlo da profundidade porque o jovem Belga é rapidíssimo, sobretudo na tomada de decisão. A seguir com muita atenção!


Reportar artigo?

Comentários


<- Voltar