Onde dá a Bola?

Artigo de Opinião

Quer escrever artigos de opinião? Contacte-nos aqui!.

Ranking Onde Bola 2017-2018 - jornada 13

Melhor Onze da jornada 13 da Liga NOS

Ranking Onde Bola 2017-2018 - jornada 13

Jornada de clássico no dragão com o Sporting a ser o principal beneficiado. Igualou o FC Porto na frente do campeonato e deixou o terceiro classificado - SL Benfica - a 3 pontos.

Do clássico não há muito a dizer, foi genericamente o que previ no prognóstico com uma ou outra surpresa. Marega acabou por jogar e Conceição optou por aquela que eu considerava a segunda opção.

Por outro lado a entrada forte em jogo do SL Benfica foi talvez a maior surpresa, mesmo sem se materializar em oportunidades de golo. Linhas subidas, alguma pressão (pouco organizada) e agressividade surpreenderam um pouco a equipa do Porto que se viu sem capacidade de ter bola quando queria. Na segunda parte tudo voltou ao normal e o FC Porto foi dono e senhor do jogo e só não ganhou porque Marega é uma banalidade...

No sector defensivo da equipa da semana temos duas estreias, na baliza Ricardo Ferreira de 28 anos que fez uma excelente exibição a segurar o empate com o Estoril onde protagonizou 6 defesas e zero erros técnicos, e Carlos Ponck, cabo-verdiano de 22 anos que já actuou no Benfica B e que protagonizou a melhor exibição do sector: 9 duelos ganhos, 4 recuperações, 3 intercepções, 1 desarme e com apenas 10 passes falhados em 57. O resto de sector é composto de habituais com Ricardo na direita, Bruno Viana ao meio e Jefferson na esquerda.

Os dois médios fazem a primeira aparição no onze da semana e ambos com belíssimas performances. Danilo (ex-SL Benfica), como médio defensivo, ganhou 19 duelos, 9 recuperações, 4 intercepções e 2 desarmes e conseguiu ainda 49 passes em 55 tentados dos quais 7 foram longos falhando apenas 1! Mais adiantado aparece Lucas Evangelista jovem Brasileiro de 22 anos, emprestado pela Udinese ao Estoril e que foi uma das contratações mais interessantes deste último defeso. Tardava em aparecer com algum brilhantismo uma vez que a qualidade individual é conhecida. Tem sido prejudicado pelo fraco desempenho colectivo da equipa mas pode estar a despontar, vamos acompanhar com atenção. Esta semana conseguiu 22 duelos ganhos, 12 recuperações, 5 intercepções e 4 desarmes (tudo record para a posição!) e ofensivamente ainda contribuiu com dois passes para finalização, 1 remate enquadrado, 1 drible e 1 cruzamento.

Nos extremos temos duas exibições normais com o regresso de Brahimi (competente sobretudo nos números defensivos) e a estreia do Neo-zelandês de 22 anos Tyler Boyd, que beneficiou de jogar apenas 30 minutos e nesse tempo conseguir 1 passes para finalização, um cruzamento e um drible. No centro do ataque a surpresa é a ausência de Jonas que vinha há semanas consecutivas fazendo parte do onze da semana. Esta semana temos a estreia de Gonçalo Paciência e o regresso de Tomané. O jovem do V. Setúbal de 23 anos foi mesmo o melhor da semana com 1 golo, 2 passes para finalização, 3 remates enquadrados e 4 dribles. Esta pode ser a época de afirmação do jovem português e pode ser que na próxima época se consiga fixar no plantel portista pois parece-me que tem qualidade mais do que suficiente para isso. Se Marega e Soares fazem parte... Em relação a Tomané conseguiu 1 golo, 2 passes para finalização, 2 remates enquadrados, 2 dribles e 1 cruzamento, mas foi prejudicado por ter sido apanhado em fora de jogo em 3 ocasiões.


Reportar artigo?

Comentários


<- Voltar