Onde dá a Bola?

Artigo de Opinião

Quer escrever artigos de opinião? Contacte-nos aqui!.

Champions League 2017-2018 - Top 11

Oitavos de final - Ranking Onde Bola

Champions League 2017-2018 - Top 11

Chegou a fase mais interessante da prova rainha do futebol europeu. Nos oitavos de final já são poucas as equipas que não são de top e os colossos começam a defrontar-se e os espetáculo eleva-se ao nível mais alto em termos mundiais.

Este ano a Liga dos Campeões tem um atractivo especial uma vez que a maioria dos principais campeonatos está decidida, o que permite às melhores equipas prepararem-se convenientemente.

Isto é especialmente importante para as equipas inglesas que têm uma competição interna fortíssima e quase sempre são obrigados a descurar a liga dos campeões e se focam principalmente na Premier League. Em Inglaterra o Manchester City tem sido impressionante e o título está decidido, em Espanha o Barcelona tem 7 pontos de vantagem para o segundo classificado que nem é o Real Madrid, na Alemanha o Bayern depois de um início estranho já leva 19 pontos de vantagem e em França o PSG  vai com 12 pontos acima do segundo. Apenas em Itália o título está por resolver, com Nápoles e Juventus separados por 1 ponto. Vamos aos números da primeira mão dos oitavos de final.

Na baliza temos o ex-Benfica Ederson depois de mais uma bela exibição na goleada do City ao Basileia por 4-0. Não foi pelas defesas, que não foram muitas, mas pelo que contribui na fase ofensiva da equipa. Dificilmente Guardiola podia ter escolhido um Guarda-redes que se encaixasse melhor na sua ideia de jogo. Os dois laterais são os habituais titulares da defesa da selecção Brasileira e potenciais presenças no melhor onze da prova. Nem Dani Alves nem Marcelo fizeram exibições assombrosas mas foram os melhores laterais. No centro da defesa Otamendi tem sido presença assídua e está a fazer a melhor época desde que chegou a Manchester. Neste jogo conseguiu ganhar 10 duelos, 7 recuperações, 2 intercepções e 4 desarmes e ainda 148 passes efectuados sendo falou apenas 5 (97% de sucesso). O outro central foi uma das estrelas do último mercado de inverno com a transferência milionária para o Liverpool por 78 milhões de euros. Virgil van Dijk foi um pouco mais modesto que Otamendi mas ainda assim merece nota de destaque.

Os médio desta semana são Busquets mais atrás e Eriksen mais ofensivo. O destaque vai para o médio defensivo Espanhol que esta semana ganhou 12 duelos, 10 recuperações, 1 intercepção e 6 desarmes e ainda 1 passe para finalização, 1 drible e 128 passes com sucesso (92% de sucesso). O médio Dinamarquês foi um pouco mais comedido mas ainda assim fez um golo, 3 passes para finalização, 2 remates enquadrados e 1 drible.

No ataque temos Coman e Willian nos corredores laterais sendo que o destaque vai todo para o jovem extremo Francês que aos 21 anos é titular no Bayern de Munique. Esta jornada marcou 1 golo, fez 3 passes para finalização, 4 dribles, 2 cruzamentos (33% de sucesso) e 29 passes com sucesso (94% de sucesso). No centro do ataque temos esta jornada Harry Kane e Lewandowski. O avançado Inglês continua numa fase fantástica da sua carreira e é neste momento um dos melhores avançados do mundo. Esta jornada fez mais um golo, um passe para finalização, quatro remates enquadrados, quatro dribles e doze passes todos bem-sucedidos. Já o avançado Polaco, um dos melhores do mundo há várias temporadas, fez esta semana dois golos, uma assistência, três passes para finalização, dois remates enquadrados, um drible e onze passes com sucesso (73% de sucesso).


Reportar artigo?

Comentários


<- Voltar