Onde dá a Bola?

Artigo de Opinião

Quer escrever artigos de opinião? Contacte-nos aqui!.

Ranking Onde Bola 2017-2018 - jornada 27

Melhor Onze da jornada 27 da Liga NOS

Ranking Onde Bola 2017-2018 - jornada 27

A jornada 27 da Liga NOS não trouxe novidades nos 3 da frente que terminaram os seus jogos com o mesmo resultado: 2-0. 

Osjogos foram todos bastante difíceis e parece-me que o equilíbrio vai ser a nota dominante nesta última fase do campeonato.

Nenhum dos 3 está particularmente forte e parece-me que todos vão perder pontos suficientes para qualquer um poder ganhar o campeonato. Quem facilitar menos vai chegar na frente. Vamos à equipa da semana.

O guarda-redes é Miguel Silva, estreante na equipa da semana e fez uma boa exibição frente ao D. Aves. Depois de na época 15/16, aos 20 anos, se ter afirmado como titular durante grande parte de época foi conotado com o SL Benfica por diversas vezes mas acabou sempre por continuar no seu clube do coração. Esta época tem vindo a perder a luta com Douglas e aos 22 anos está a chegar a altura do tudo ou nada para o jovem português. Ou assume de vez a titularidade de um clube de primeira divisão ou arrisca-se a perder o comboio da elite.

Na defesa as novidades são Patrick (que foi excelente na época passada ao serviço do Marítimo) e Yohan Tavares no seu regresso ao futebol português. Halliche e Fábio Coentrão já estiveram na equipa da semana mais vezes mas é mesmo o central Argelino que é digno de destaque esta semana: 14 duelos ganhos, 3 recuperações, 2 intercepções e 3 desarmes, a que juntou 54 passes com sucesso (86%).

Os médios fazem constantemente parte da equipa da semana mas apenas William Carvalho fez uma exibição digna de registo: 13 recuperações de bola, 8 duelos ganhos, 2 intercepções e 1 desarme e ainda 1 passe para finalização, 6 dribles (impressionante!) e apenas 3 passes falhados em todo o jogo (94%). Pizzi foi bastante mais modesto mas parece estar a recuperar a sua melhor forma, o que pode ser decisivo nesta fase crucial da época.

Nos corredores laterais figuram novamente Gélson e Cervi que atravessam ambos excelentes fases da carreira. Gélson fez 1 golo, 1 assistência, 2 passes para finalização, 2 remates e 3 dribles. Gélson tem respondido muito bem às críticas que lhe fui fazendo na última época da falta de golos e já leva 12 em todas as competições contra os 7 da época passada. No centro do ataque temos Joel, do Marítimo, que fez um belíssimo jogo: 2 golos, 2 passes para finalização, 3 remates e 2 dribles. Já Raúl Jiménez fez 1 golo e 1 assistência (o SL Benfica ganhou 2-0) em apenas 32 minutos, o que é extraordinário e isso foi traduzido numa pontuação de 8,32.


Reportar artigo?

Comentários


<- Voltar