Onde dá a Bola?

Artigo de Opinião

Quer escrever artigos de opinião? Contacte-nos aqui!.

Ranking Onde Bola 2017-2018 - jornada 29

Melhor Onze da jornada 29 da Liga NOS

Ranking Onde Bola 2017-2018 - jornada 29

A cinco jornadas do fim de um dos mais competitivos campeonatos dos últimos anos continua tudo em aberto e os três grandes estão na corrida ao título. Nesta semana ganharam os três, com o Porto e o Sporting a ganharem em casa com alguma tranquilidade e o Benfica com grandes dificuldades a ganhar nos descontos com um penalty depois de uma segunda parte bastante fraca em que o V. Setúbal podia ter terminado a ganhar por mais do que um golo de diferença. Vamos à equipa da semana.

Na baliza regressa António Filipe que aos 32 anos vai discutindo o lugar na baliza do Chaves com Ricardo Nunes e sempre que é chamado tem correspondido. Esta semana fez 2 pegas com sucesso, 4 defesas e 15 passes com sucesso. No quarteto defensivo temos 4 repetentes sendo que Ricardo é provavelmente o principal candidato a lateral do ano. Halliche e Rúben Lima são repetentes e vão fazendo épocas interessantes no Estoril e Rio Ave respectivamente. O destaque do sector vai para Marcano que esta semana ganhou 18 duelos, bloqueou um remate e fez 10 recuperações, 2 intercepções, 1 desarme e ainda 84% de sucesso no passe sendo que no passe longo conseguiu 75% de sucesso com 9 passes bem sucedidos.

Nos médios temos uma estreia e um repetente. Jefferson estreia-se no onze da semana com uma boa exibição frente ao Belenenses. O destaque óbvio vai para Herrera que vem fazendo uma época bastante melhor que as anteriores e, após a sexta jornada foi titular sempre que estava disponível, agarrando inclusivamente a braçadeira de capitão à jornada 8. Muita da coesão que o meio campo do FC Porto tem garantido esta época é da responsabilidade de Herrera que come metros, com e sem bola, com uma facilidade tremenda. Nem sempre promove os melhores posicionamentos para proteger a equipa mas a facilidade com que recupera espaços tem sido suficiente para corrigir os erros. Esta semana ganhou 13 duelos, recuperou 8 bolas, fez 2 intercepções e 2 desarmes e 3 passes para finalização, 1 remate, 3 dribles e 86% de sucesso no passe.

No ataque, Brahimi marca mais uma vez presença, desta vez com a companhia de Wellington do Portimonense que sem deslumbrarem são os melhores extremos. Brahimi fez 4 passes para finalização e 7 dribles. O Argelino já leva 144 dribles com sucesso esta época em 2318 minutos (5,59 dribles por jogo), Messi tem 157 dribles em 2583 minutos (5,47 dribles por jogo). É impressionante! No centro do ataque temos Jimenez (2 golos e 1 passe para finalização) e Rafael Martins (1 golo e 2 passes para finalização) que foram os melhores sem deslumbrar. Desta vez Jonas não está e isso notou-se bem no jogo do Benfica...


Reportar artigo?

Comentários


<- Voltar