Onde dá a Bola?

Artigo de Opinião

Quer escrever artigos de opinião? Contacte-nos aqui!.

Rescaldo da fase de grupos

Mundial Rússia 2018 - Grupos A, B, C e D

Rescaldo da fase de grupos


Grupo A

Acertámos nos qualificados para os oitavos-de-final (Uruguai e Rússia) mas falhámos no terceiro classificado.

O Egipto acabou por perder com a Arábia Saudita surpreendente e é uma das decepções da prova.

Uruguai muito forte com três vitórias e zero golos sofridos com Betancur em grande plano e com Cavani e Suarez muito bem na frente. Na Rússia sobressai Golovin como previmos e em bom plano entrou Cheryshev a aproveitar mais uma lesão de Dzagoev.

Grupo B

Acertámos novamente nos qualificados e falhámos os terceiros e quartos. A Espanha sofreu bastante com a mudança surpreendente no comando técnico mas mesmo assim conseguiu o primeiro lugar com Diego Costa bem na frente e os médios Busquets e David Silva em bom plano. Cristiano Ronaldo levou sozinho Portugal aos oitavos-de-final com três exibições colectivas sofríveis na fase de grupos. Gonçalo Guedes acabou por jogar 2 dos 3 jogos mas sem grande qualidade. Marrocos apresentou-se muito bem em termos colectivos como previmos e acabou em último com algum azar, sobretudo no primeiro jogo. O Irão foi uma boa surpresa pela organização e pela vontade e lutou até ao último minuto pela passagem com Portugal.

Grupo C

Acertámos o primeiro e o último do grupo e falhámos nas duas onde previmos grande luta. Apesar da boa campanha de Eriksen continuo com a opinião que o Peru era mais justo segundo classificado, mas teve algum azar sobretudo no jogo com a Dinamarca. A Austrália fez apenas um ponto mas lutou de igual para igual em todos os jogos. Na França destaque para Pogba e Mbappe e para Pavard, indiscutível no onze. No Peru destaque para a excelente campanha de Carrillo.

Grupo D

Apelidámos este grupo de "grupo da morte" e não nos enganámos. Mesmo assim acertámos quem passa e quem não passa apesar das posições invertidas. A Croácia foi mesmo uma das melhores da fase de grupos com três vitórias e com exibições dominadoras e com Modric, Rakitic e Perisic em grande. A Argentina acaba em segundo com muitas dificuldades e sem conseguir acertar com o onze ou com as ideias de Sampaoli. Messi foi sempre messi e carregou a sua selecção aos oitavos-de-final. A Nigéria superou a expectativa e ficou em terceiro lutando até ao fim pelo apuramento. Destaque para Etebo antigo jogador do Feirense e para Musa. A Islândia desiludiu pelos resultados mas não pelas exibições que foram como sempre cheias de garra e capacidade física.

Nada de grandes surpresas nos primeiros quatro grupos do campeonato do mundo FIFA 2018.


Reportar artigo?

Comentários


<- Voltar