Onde dá a Bola?

Artigo de Opinião

Quer escrever artigos de opinião? Contacte-nos aqui!.

Breves do derby

Liga NOS 2016/2017 - SL Benfica 2-1 Sporting CP

Breves do derby

Jogo bastante disputado por duas equipas à procura de dar a volta a fases menos boas. Benfica vinha de duas derrotas consecutivas (Marítimo e Nápoles) e o Sporting de uma humilhante derrota em Varsóvia que os afastou do acesso à Liga Europa.

Na primeira parte o jogo foi mais lutado do que bem jogado e o resultado ao intervalo reflectia a qualidade individual dos jogadores do Benfica que foram capazes de, em contra ataque, desenvolver dois lances de perigo que resultaram em um golo.

Rafa foi protagonista nos dois, mas se a decisão fosse a melhor nas duas situações o resultado podia até ter chegado mais dilatado ao intervalo.

A segunda parte foi bastante diferente e trouxe ao de cima a maior qualidade colectiva de Sporting que, apesar de menos qualidade individual, consegue criar mais e melhores situações de perigo. Juntando a isto um controlo da profundidade duvidoso e um André Almeida sem qualidade para este tipo de jogos e temos parte da explicação para o desequilíbrio.

André Almeida fez um jogo péssimo e pôs em causa o resultado final por mais do que uma ocasião. O momento do golo do Sporting é um exemplo, mas haveria vários que podiam ser expostos. Estivesse Almeida onde mostra a imagem e podia facilmente atacar a bola de frente com Bas Dost dificultando a vida ao Holandês. Gélson ficava sem marcação, mas A. Almeida poderia facilmente ajustar a posição e sair na bola caso esta fosse cruzada para o extremo leonino.

Por falar em laterais limitados, ficou mais uma vez provado o que aqui venho dizendo há bastante tempo. Os laterais do Sporting não têm nível para um candidato ao título (nenhum dos 4!). As dificuldades estão à vista no segundo golo do Benfica. Mesmo quando está bem posicionado e com clara vantagem, J. Pereira consegue perder o lance para Jimenez que não faz mais do que atacar a bola.

Com outra qualidade individual em 2 ou 3 posições, o Sporting estaria confortavelmente no primeiro lugar. Assim, com a diferença de qualidade especialmente para o Benfica a luta continua, com clara vantagem para os encarnados. A maioria dos suplentes do Benfica eram titulares no Sporting. Isto diz muito sobre os resultados até ao momento.

Texto por Telmo Frias


Reportar artigo?

Comentários


<- Voltar