Onde dá a Bola?

Artigo de Opinião

Quer escrever artigos de opinião? Contacte-nos aqui!.

Ranking OndeBola 2017-2018 - Jornada 6

Melhor Onze da jornada 6 da Liga NOS

Ranking OndeBola 2017-2018 - Jornada 6


A jornada 6 da Liga NOS terminou na segunda-feira e chegou a altura de olharmos para o nosso modelo de análise e perceber quem foram os melhores desta semana. Sporting e Porto continuam na senda ganhadora e Benfica a perder pela primeira vez esta temporada. No entanto, o melhor não espelha exactamente esta situação uma vez que o FC Porto não tem representantes e o SL Benfica, perdendo escandalosamente, consegue dois jogadores. Em que posições? No ataque, pois está claro...

Na baliza, a estreia de Ricardo Nunes do D. Chaves. Interessante no capítulo defensivo e normal no capítulo do passe, é o resumo da prestação do guarda-redes português de 35 anos emprestado pelo FC Porto ao Chaves pela segunda época. Cinco defesas juntamente com zero golos sofridos garantem uma pontuação de 6.81 na defesa. No passe ficou pelos 6.33 muito por culpa do passe longo (falhou 4 em 9).

O defesa direito desta jornada é Lionn do Rio Ave. O brasileiro de 28 anos vai na quarta temporada em Vila do Conde e é um valor seguro do nosso campeonato. Menos fustigado por lesões podia já estar noutro patamar. Nesta semana consegue uma pontuação razoável sobretudo ao nível ofensivo. Um passe para finalização, um cruzamento e um drible foram suficientes para ser o melhor da jornada.

Na esquerda temos Nuno Sequeira do Sp. Braga. Já é nosso conhecido desde a temporada trasacta onde foi o terceiro melhor "fora dos grandes" mesmo actuando no último classificado da liga passada. Esta semana consegue uma pontuação fantástica, equlibrada nas três componentes mas brilhante sobretudo ao nível do ataque. Uma assistência para golo, um passe para finalização, quatro dribles, um cruzamento e 37 passes com sucesso (falhou 14). Apenas no passe longo podia ter sido mais assertivo.

Os dois centrais desta semana compõem a dupla de centrais do Sporting CP. Coates e Mathieu (novamente na equipa da semana) completam o quarteto defensivo com pontuação interessantes. Mathieu ficou um pouco melhor do que Coates sobretudo porque foi mais influente no capítulo ofensivo onde conseguiu um golo de belo efeito ao qual juntou passes decisivos na fase de construção.

Na frente da defesa temos a estreia de William Carvalho do Sporting CP. Desde que regressou ao onze do Sporting esteve sempre próximo do primeiro lugar, com boas prestações a todos os níveis. Esta semana consegue uma pontuação brilhante sobretudo ao nível defensivo e de passe. Dois duelos aéreos, oito disputas ganhas, onze recuperações (brutal!), uma intercepção e dois desarmes completam a excelente performance defensiva do português (8.17). Ofensivamente, sem ser brilhante, consegue ainda uma assistência para o golo de Bruno Fernandes. No passe esteve bem como sempre, 97 passes com sucesso (falhou 10) dos quais 61 foram feitos no meio campo adversário.

O médio ofensivo desta jornada foi Paulo Machado do D. Aves. O experiente médio português de 31 anos foi formado no FC Porto e pareceu sempre que tinha qualidade para mais do que fez. Depois de quase 10 anos a jogar no estrangeiro (os últimos 4 no D. Zagreb) regressa à nossa liga e parece-me que ainda a tempo de ingressar num clube com outras ambições, desde que as lesões não o impeçam. Neste jogo aparece com uma excelente prestação (segundo melhor da semana) sobretudo do ponto de vista ofensivo. Cinco passes para finalização, duas faltas ganhas, 2 remates enquadrados, 1 drible e 1 cruzamento. No passe 43 passes acertados (em 57). Muito interessante e para seguir com atenção.

O extremo direito da semana é Diogo Viana do Belenenses. Vamos ver se é desta que o virtuoso de 27 anos consegue garantir um lugar no onze dos azuis do Restelo. Na jornada 6, sem sem espetacular, consegue uma bela pontuação e figurar no onze da semana. Ofensivamente foi razoável e ganhou 3 faltas, fez 3 passes para finalização, 1 remate enquadrado e 2 dribles. Foi ainda autor de 2 cruzamentos com sucesso (em 4) e acertou 15 passes em 10 (só falhou um passe longo). Defensivamente esteve brilhante (8.55) com 12 duelos ganhos, 6 recuperações de bola, 4 intercepções e 2 desarmes. Até para um lateral era bom!

Na esquerda surge pela primeira vez Zivkovic do SL Benfica. Aos 21 anos o extremo Sérvio parece pronto para agarrar um lugar nos corredores laterais do ataque do tetra campeão. Na minha opinião devia ter sido aposta já na época anterior, mas ainda vai a tempo. Nesta jornada esteve ofensivamente endiabrado com uma assistência, dois passes para finalização, dois dribles, dois cruzamentos (em quatro) e 24 passes com sucesso (em 34). Pecou apenas nos dois passes longos que errou. Para seguir com atenção nas próximas semanas.

Na frente de ataque voltamos a ter Jonas do SL Benfica, desta vez com a companhia do estreante Tiago Caeiro do Belenenses. Realçar a terceira presença de Jonas em quatro jornadas analisadas. É de outro mundo! Nesta semana conseguem ambos uma boa performance no ataque com um golo marcado e dois passes para finalização. Jonas consegue 4 remates enquadrados contra 1 de Caeiro, mas o avançado do Belenense consegue 1 drible e não foi apanhado em fora de jogo (Jonas foi 1 vez) o que lhe dá a vantagem na pontuação final.

Texto por Telmo Frias


Reportar artigo?

Comentários


<- Voltar