Onde dá a Bola?

Artigo de Opinião

Quer escrever artigos de opinião? Contacte-nos aqui!.

Ranking Onde Bola 2017-2018 - jornada 7

Melhor Onze da jornada 7 da Liga NOS

Ranking Onde Bola 2017-2018 - jornada 7

Terminou ontém a jornada 7 da Liga NOS e chegou a hora de revelar o melhor onze desta semana. Destaque para o regresso de Benfica às vitória, depois de dois jogos sem ganhar na liga e para o primeiro deslize do Sporting. A regularidade do FC Porto mantém-se e à porta do primeiro clássico consegue a liderança isolada. Vamos às individualidades.

No sector defensivo temos duas estreias, o guarda-redes do Feirense e o defesa central do Braga. Em relação a André Almeida, Allex Telles e Mathieu têm sido clientes habituais e destaco apenas Mathieu que vai na terceira jornada consecutiva a fazer parte do melhor onze. Tem-se revelado uma mais valia na coesão defensiva mas sobretudo na qualidade da construção da sua equipa. Ainda por cima faz golos. Em relação a Caio Secco, brasileiro de 26 anos que veio da série D italiana (4ª divisão!) aparece na equipa ideal numa semana em que a sua equipa sofre 4 golos e é goleada em casa. Pode parecer estranho, mas vamos aos números. Sem deslumbrar no capítulo do passe (raramente acontece em equipas mais pequenas que optam sobretudo pela construção mais directa) o que o fez estar no melhor onze foi mesmo o número de acções defensivas que protagonizou - ganhou o único duelo aéreo onde esteve envolvido, agarrou cinco bolas (não largou nenhuma) e fez cinco defesas a remates enquadrados - se o Feirense não fez melhor talvez não tenha sido pela acção do seu guarda-redes, vamos ver se foi uma vez sem exemplo ou se o Feirense conseguiu arranjar substituto para Vanã à altura. Em relação a Rosic pode ser o sinal de que o Braga está a ganhar alguma consistência e a recuperar o lugar de quarto clube que é seu. Neste jogo em particular Rosic deu nas vistas ao nível ofensivo e de qualidade de pase, mantendo a regularidade em termos defensivos. No ataque conseguiu ganhar uma falta, fazer dois passes para finalização, falhou apenas dois passes em todo o jogo sendo 27 dos 62 passes foram feitos no meio campo adversário.

No meio campo Pizzi regressa ao onze com uma pontuação razoável mas sem deslumbrar, enquanto Wakaso, do Vit. Guimarães, se estreia na equipa da semana. A pontuação não é brilhante mas é suficiente para ser o melhor médio defensivo da semana, à frente de William Carvalho. Realço na exibição do médio ganês de 25 anos as 9 recuperações de bola e os 2 desarmes, bem como um passe para finalização e os 6 passes longos bem sucedido (nenhum falhado!).

No ataque, pelos corredores laterais temos a estreia de Héldon do Vit. Guimarães e o regresso de Zivkovic do Benfica. Em relação ao extremos direito, o caboverdiano de 28 anos consegue uma exibição equilibrada no ataque e na defesa com 6 recuperações, 1 intercepção e 2 desarmes e ainda 1 golo, 1 assistência, 1 passe para finalização, 1 remate enquadrado e 1 drible, em 81 minutos. Em relação ao extremos esquerdo andamos desde a temporada passada a dizer que Zivkovic se trata do melhor extermo do plantel benfiquista e aos pouco o sérvio vem-nos dando razão e obrigando Rui Vitória a colocá-lo no onze (mesmo que só tenha acontecido depois de sair Carrillo e da lesão de Sálvio). Desta exibição em particular destaco 7 recuperações, 2 intercepções e 3 desarmes na defesa e ainda 4 faltas ganhas, 1 assistência (para o golo de Cervi), 3 passes para finalização, 2 remates enquadrados, 2 dribles e 1 cruzamento. No corredor central do ataque temos esta semana a estreia de Maurides do Belenenses e o regresso de Aboubakar do FC Porto. Em relação ao avançado brasileiro de 23 anos também já foi por nós referido como muito valioso e estranhamos a dificuldade que Domingos tem em dar-lhe a titularidade. Neste jogo até defensivamente esteve competente, com 22 duelos ganhos (9 aéreos), 7 recuperações e 1 desarme, enquanto que ofensivamente fez um golo, 1 assistência, 3 remates enquadrados completam a exibição do melhor jogador da semana. Se este não é o melhor avançado do Belenenses, têm que estar muito bem servidos... Aboubakar regressa com mais uma performance excelente de onde realço o golo marcado, a assistência para o segundo golo de Brahimi e mais um passe para finalização em 74 minutos.

Texto por Telmo Frias


Reportar artigo?

Comentários


<- Voltar