Onde dá a Bola?

Artigo de Opinião

Quer escrever artigos de opinião? Contacte-nos aqui!.

Liga dos Campeões 2017-2018 - Ranking Onde Bola

Fase de Grupos - 2ª Jornada - TOP 11

Liga dos Campeões 2017-2018 - Ranking Onde Bola

Segunda jornada da Liga dos Campeões terminada e aqui vai o melhor onze. Os clubes portugueses não estão representados nesta jornada o que é compreensível, das três equipas apenas o FC Porto ganhou (e bem, no Mónaco) num jogo onde esteve mais na espectativa e à espera do erro dos franceses. Conforme já expliquei o modelo que usamos beneficia equipas ofensivas, que criam e que assumem o controlo do jogo.

Na baliza temos Areola do PSG que foi fundamental na vitória contra o Bayern de Munique por 3-0, com seis defesas a remates enquadrados e 2 bolas seguras (largou uma). Do quarteto defensivo destaco a exibição de Alberto Moreno do Liverpool que teve a melhor pontuação do sector - 8 duelos ganhos, 8 recuperações, 1 intercepção, 2 desarmes, 1 passe para finalização, 1 drible e falhou apenas 7 passes em 86. Uma nota de apreço também para Barzagli que aos 36 anos ainda joga num nível altíssimo numa equipa de top como a Juventus. Para já está a aproveitar a saída de Bonucci para o AC Milan.

Os melhores médios desta semana estiveram bastante bem e são ambos espanhóis (a quantidade de médios espanhóis de qualidade é absurda no futebol mundial, dava para fazer várias selecções de top). O médio defensivo é Herrera do Manchester United que consegue 7.66 fruto de 6 duelos ganhos, 11 recuperações de bola, 4 intercepções, 1 desarme, 1 passe para finalização, 2 dribles, 1 cruzamento e 102 passes, falhando apenas 7 (todos curtos). Como médio mais ofensivo temos Isco do Real Madrid que consegue uma prestação interessante com 1 passe para finalização, 1 remate enquadrado, 3 dribles e 69 passes falhando apenas 6 o que para um criativo que arrisca bastante é obra!

Nos corredores laterais do ataque temos a estreia esperada de Neymar do PSG (já esteve em segunda na jornada anterior) e de Correa do Sevilla. Não foram performances formidáveis mas com ligeiro ascendente do extremo argentino de 23 anos que conseguiu ganhar 16 duelos (!), recuperar 5 bolas, interceptar 1 e completar 2 desarmes, tendo ainda tempo para uma assistência, dois passes para finalização e seis dribles. O astro brasileiro juntou a uma performance defensiva assinalável um golo, uma assistência e seis dribles. No eixo central do ataque ficam os dois melhores jogadores da semana, ambos franceses: Ben Yedder do Sevilha e Martial do Manchester United. O avançado do Sevilha de 27 anos conseguiu um hattrick ao qual ainda juntou quatro passes para finalização, seis remates e um drible. Um pouco melhor foi ainda o avançado do Manchester United que fez um golo, duas assistências, três passes para finalização, dois remates, sete dribles (!) e dois cruzamentos.

Pode ser estranho que por exemplo Aboubakar (dois golos) não esteja no melhor onze, mas a verdade é que nas outras componentes esteve um pouco abaixo dos melhores da semana (fez 6.43 no global). Uma última referência para Harry Kane que depois de ter sido o melhor da primeira jornada, na segunda jornada foi terceiro com 8.25. O avançado inglês desta vez completou um hattrick e em 13 jogos oficiais nesta temporada (no Tottenham e na selecção inglesa) leva a módica quantia de 15 golos aos quais ainda juntou duas assistência para golo. Brutal!

Texto por Telmo Frias


Reportar artigo?

Comentários


<- Voltar