Onde dá a Bola?

Artigo de Opinião

Quer escrever artigos de opinião? Contacte-nos aqui!.

Como está o novo SL Benfica

Liga NOS 2019-2020

Como está o novo SL Benfica

Agora que nos preparamos para recomeçar a rotina de ver futebol aos fins de semana (e durante a semana com as competições internacionais) é chegada a altura de fazer um pequeno balanço da pré-época e verificar como está cada um dos candidatos ao título.

SL Benfica:
Dos três grandes é aquele que garantiu uma maior estabilidade do plantel. Perdeu Jonas e João Félix, que foram fundamentais na última conquista e reforçaram o ataque com Raul de Tomás, Carlos Vinícius e Chiquinho (há ainda Cádiz, mas não me parece que possa acrescentar alguma coisa). Saíram Salvio, Krovinovic e Yuri Ribeiro mas entraram Caio Lucas e Nuno Tavares.

Na baliza parece ter havido vontade de reforçar mas pelos vistos os problemas físicos de Perin e a boa pré-época de Odysseias fizeram os encarnados mudar de ideias. O grego vai ser o titular com Svilar e Zlobin entre a equipa A e a B.

Na defesa André Almeida, Ruben Dias, Ferro e Grimaldo parecem garantir o melhor quarteto mas há Jardel na luta e Nuno Tavares, que fez alguns jogos interessantes a deixar boas indicações como segunda opção na esquerda. Continua na minha opinião a faltar qualidade na lateral direita mas não vi um único anúncio de contratação em todo o defeso.

O meio campo deve ficar entregue a Florentino e Gabriel com Samaris, Gédson e Taarabt a darem boas garantias de capacidade de rotação. Penso que Fejsa estará no fim da linha e à espera de uma proposta interessante para sair. Tiago Dantas deve ficar no plantel principal com idas à equipa B para continuar a crescer jogando.

Nos corredores laterais do ataque Pizzi e Rafa partem à frente na luta pela titularidade com Jota e Caio Lucas na segunda linha. Zivkovic e Cervi não devem ter possibilidade de ter muitos minutos e podem procurar outras paragens. Chiquinho e mesmo Taarabt podem fazer qualquer um dos corredores se houver essa necessidade.

A dupla de ataque é uma das principais dúvidas que tenho no onze base. Seferovic foi o melhor marcador da temporada passada e deve começar a época no onze inicial, mas tenho muitas dúvidas que consiga segurar esse lugar por muito tempo. Os minutos que vi com a dupla Tomás-Seferovic deixaram com a ideia de que são pouco compatíveis e trazem alguns problemas na ligação dos médios com o último terço. Vinícius parece-me ter características semelhantes a estes dois e apenas Chiquinho, Jota e Taarabt parecem ser capazes de fazer o lugar de João Félix (ou Jonas). Se o Benfica não foi ao mercado (e parece-me que não tem estado a trabalhar nesse sentido) era Chiquinho que devia começar a época atrás de Raul de Tomás (que me parece bem mais competente que o Suiço em quase tudo), mas o peso no balneário pode fazer Lage optar por começar a época com o Suiço e o Espanhol na frente.

Uma nota especial para a pré-temporada do Marroquino Adel Taarabt. Depois de todas as polémicas desde a sua contratação, a última temporada parecia fazer acreditar que o jogador podia estar numa fase diferente da sua vida. Os primeiros jogos da temporada vieram confirmar esta suspeita. Taarabt foi mesmo o melhor em campo em diversos momentos e mostra uma qualidade e uma versatilidade (jogou como médio interior, extremo e segunda avançado) que pode vir a ser muito útil ao Benfica. Pode ser uma das revelações da época no seu último ano de contrato.


Reportar artigo?

Comentários


<- Voltar