Onde dá a Bola?

Artigo de Opinião

Quer escrever artigos de opinião? Contacte-nos aqui!.

Aurélio Pereira - O Senhor Formação

Homenagem tão justa, quanto tardia...

Aurélio Pereira - O Senhor Formação

 É um nome que dispensa apresentações, um homem que tanto tem dado ao futebol português pelas descobertas de talentos que brilharam nos nossos campos e que agora brilham ou brilharam por essa Europa fora... Paulo Futre, Luís Figo, Simão Sabrosa, Ricardo Quaresma ou Cristiano Ronaldo são os nomes fortes que se juntam a uma extensa lista de atletas que foram descobertos por esta lenda do scouting do Sporting Clube de Portugal. 

 A recuperar de um problema de saúde, Aurélio Pereira já tinha sido homenageado pelo seu clube do coração, onde trabalhou toda a vida e conseguiu descobrir talentos em todos os pontos do país. Paulo Futre foi descoberto nos pelados do Montijo, por Almada andava a dar os primeiros toques Luís Figo nos Pastilhas, Simão Sabrosa foi descoberto em Vila Real, jogava na Escola Diogo Cão, Quaresma foi descoberto em Alcântara e depois foi ás captações do Sporting com o seu irmão mais velho Alfredo e Ronaldo na Madeira no Nacional, depois de já ter sido observado no Andorinha.

 O Sporting Clube Portugal sempre reconheceu os méritos de Aurélio Pereira e de homenagem em homenagem, até que na Academia, o clube leonino dá o nome do principal campo de Stadium Aurélio Pereira. Mas se o reconhecimento do universo leonino era uma realidade, faltava o reconhecimento das instâncias nacionais como a Federação Portuguesa Futebol e foi com justiça que finalmente isso aconteceu na passada sexta feira.

 O cenário foi excelente, o jogo da nossa Selecção, onde iria marcar presença Cristiano Ronaldo e no Estádio de Alvalade... Homenagem tardia mas justa.

 Um abraço sentido entre os dois, pai do futebol e o filho craque, Aurélio Pereira e Cristiano Ronaldo, momentos bonitos e que dignificam o futebol, é o reconhecimento de dois monstros pelo seu trabalho.

 Parabéns Aurélio Pereira, pelo trabalho de uma vida no seu clube, pela dedicação, pela recompensa de teres descoberto para o futebol português dois bolas de ouro, Figo e Ronaldo e pelo reconhecimento justo ainda em vida.

 É de homens destes que o futebol português precisa, que venham mais Aurélios Pereiras... Portugal agradece.

Filipe Simões


Reportar artigo?

Comentários


<- Voltar