Onde dá a Bola?

Artigo de Opinião

Quer escrever artigos de opinião? Contacte-nos aqui!.

Jornada Europeia da Liga dos Campeões

Análise Jogos semana de 4 Novembro 2019

Jornada Europeia da Liga dos Campeões

Grupo A - PSG - 1 - Brugge - 0 e Real Madrid - 6 - Galatasaray - 0

As vitórias de franceses e espanhóis garantiram o apuramento para a próxima fase da Liga dos Campeões, sem muitas surpresas, mas com exibições distintas. 
Favoritos do grupo, o Real Madrid despachou os turcos por claros 6 a 0, num jogo em que a estrela foi o jovem promissor Rodrygo que apontou um hat trick. Em França brilhou o argentino Icardi ao apontar o tento solitário contra os belgas do Brugge, mas com uma exibição que não convenceu os seus adeptos.

Grupo B - Bayern Munique - 2 - Olympiakos - 0 e E. Vermelha - 0 - Tottenham - 4

Com a vitória em casa frente aos gregos, o Bayern carimbou o passaporte para a próxima fase da Champions, enquanto os ingleses do Tottenham foram à Sérvia despachar os homens da casa por quatro golos sem resposta, não conseguiram garantir ainda esse objectivo. Na Alemanha, os portugueses José Sá, Ruben Semedo, Daniel Podence e o treinador Pedro Martins não conseguiram travar o maior poderio bávaro e perderam por 2-0.
O sul coreano Son foi o homem golo do Tottenham ao bisar na partida, sem motivos para festejar os seus golos apontados, voltou a pedir desculpa a André Gomes por o ter lesionado gravemente uns dias antes.

Grupo C - Atalanta - 1 - Manc. City - 1 e D. Zagreb - 3 - Shakthar - 3

Aqui houve uma montanha de golos na Croácia e equilíbrio em Itália, em jogos emocionantes e com muita incerteza no resultado final.
O treinador português Luís Castro respirou de alívio quando a sua equipa conseguiu o empate aos 90+4 minutos, fixando o placard final em 3-3. A Atalanta recebeu em casa o gigante City e conseguiu conquistar 1 ponto apesar de ter começado o jogo praticamente a perder. Neste grupo, ainda ninguém conseguiu carimbar a passagem para a próxima fase e a certeza que para a Atalanta só resta sonhar ainda com a presença na Liga Europa, mas até isso está complicado.

Grupo D - Lokomotiv Moscovo - 1 - Juventus - 2 e Leverkursen - 2 - Atl. Madrid - 1

Foi com alguma surpresa que o Atléti perdeu na sua visita a Leverkursen, uma derrota que impediu os colchoneros de carimbar já a passagem para a próxima fase da Liga dos Campeões, lugar onde já está a Juventus de Cristiano Ronaldo que venceu na Rússia por 2-1. Vitória díficil mas justa, a formação dos portugueses João Mário e Éder não conseguiram mais uma vez pontuar nesta jornada e ficam arredados de passar à próxima fase. Aliás, russos e alemães vão conquistar entre si a vaga para a Liga Europa, enquanto Juventus e Atl. Madrid estão seguros na próxima fase da Champions.

Grupo E - Liverpool - 2 - Genk - 1 e Nápoles - 1 - Salzburg - 1

Os campeões europeus receberam e venceram os belgas do Genk por 2-1 e passaram para a frente do grupo, aproveitando o empate entre o Nápoles e os austríacos do Salzburg. 
O Liverpool não conseguiu nesta partida transformar em golo as muitas oportunidades que fabricou e venceu pela vantagem mínima, no entanto, o suficiente para passar para líder. O Nápoles recebeu em casa o Salzburg e não foi além do empate a um golo e desceu para o segundo lugar do grupo.
Ingleses e italianos estão em boa posição para passar à próxima fase da Liga dos Campeões, mas não se podem distrair, pois à espreita está o Salzburg que vai vender cara a derrota nos próximos jogos.

Grupo F - Barcelona - 0 - Slavia Praga - 0 e Dortmund - 3 - Inter - 2

Grande jogo em Dortmund, com a equipa da casa a ir para o intervalo em desvantagem de dois golos, mas com uma segunda parte memorável, deu a volta ao jogo perante um Inter Milão estrelado. A vencer por 0-2, parecia que os três pontos ia para San Siro, mas os alemães tiveram outra ideia.
No Camp Nou, o Barcelona voltou a desiludir os seus adeptos e não foi além do empate frente aos checos que até foram mais perigosos. O empate a zero veio mostrar que nem o génio de Messi consegue resolver tudo sozinho e assim deixa as contas equilibradas neste grupo.
Barcelona 8 pts, Dortmund 7 pts e Inter 4 pts, lutam ainda pela passagem à próxima fase, com Barcelona e Dortmund mais perto desse objectivo e com o Inter na pior das hipóteses a cair para a Liga Europa.

Grupo G - Lyon - 3 - Benfica - 1 e Zenit - 0 - Leipzig - 2

O Benfica voltou a perder nesta jornada europeia e continua na cauda do deste grupo, e este jogo foi um mar de azares, começou o jogo praticamente a perder com o golo madrugador dos franceses e ainda por cima perdeu o defesa central Ferro por lesão.
Na Rússia, o Leipzig venceu com mérito por duas bolas a zero e é cada vez mais líder deste grupo, bastando um empate no jogo com o Benfica para garantir a passagem à próxima fase da Champions. Quem sonha com a passagem é os franceses do Lyon e ainda os russos do Zenit, com o Benfica a precisar quase de um milagre para conseguir esse feito.
Ao que tudo indica Zenit e Benfica vão lutar pela presença na Liga Europa.

Grupo H - Chelsea - 4 - Ajax - 4 e Valência - 4 - Lille - 1

Grande jogo em Londres, Chelsea e Ajax deram espectáculo com golos, emoção, expulsões e autogolos. Os holandeses que praticam um futebol de qualidade tiveram mesmo a vencer por 1-4, mas depois de ficarem reduzidos a 9 jogadores não conseguiram aguentar a pressão dos ingleses e concederam o empate.
Em Valência, os espanhóis foram para o intervalo em desvantagem, mas uma segunda parte de luxo permitiu uma reviravolta que acabou em goleada para o Valência sobre o Lille dos portugueses José Fonte, Renato Sanches e Tiago Djaló.
Chelsea, Ajax e Valência todos com 7 pontos lutam pela passagem à próxima fase da Liga dos Campeões, enquanto o Lille já está praticamente fora das competições europeias desta época.

Clubes já apurados para a próxima fase da Liga dos Campeões:

PSG, Bayern Munique e Juventus já conseguiram se apurar para a próxima fase, sendo que na próxima ronda vai ficar praticamente tudo decidido em todos os grupos.
O Benfica com o objectivo complicado de continuar na Liga dos Campeões, procura ainda um lugar na Liga Europa, tendo para isso que não perder na Alemanha e vencer na Luz o Zenit na última jornada.

Filipe Simões 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Reportar artigo?

Comentários


<- Voltar