Onde dá a Bola?

Artigo de Opinião

Quer escrever artigos de opinião? Contacte-nos aqui!.

Vitória no Luxemburgo vale qualificação para o Euro 2020

Bruno desbloqueou, Ronaldo matou...

Vitória no Luxemburgo vale qualificação para o Euro 2020

 Já está!!!
 Portugal está no Europeu 2020...

  Já se sabia que hoje no Luxemburgo não ia ser um jogo fácil por vários factores, fosse pelas condições atmosféricas, fosse pelo estado do relvado, mas acima de tudo pela raça dos jogadores da casa, que não sendo uma equipa com grandes requintes técnicos, são jogadores chatos, raçudos e que nunca dão um lance por perdido.

  A Selecção Portuguesa teve que puxar dos galões para conseguir a vitória e antes de chegar ao golo por Bruno Fernandes, não se livrou de dois sustos, sustos esses que motivaram os luxemburgueses e os fizeram sonhar que era possível fazer uma gracinha frente aos Campeões Europeus.

  Ronaldo e Bernardo bem tentavam pegar no jogo, meter a bola no relvado, mas o batatal do terreno obrigava a jogar sem qualidade e mais feio.

 Portugal chega ao primeiro por Bruno Fernandes, excelente visão de Bernardo Silva, um passe milimétrico para o camisola 16 da equipa das quinas que dominou com um pé e rematou com o outro, não dando hipóteses ao guarda redes da casa.

  Foi um jogo equilibrado, o Luxemburgo nunca deixou de lutar, obrigando os Portugueses a estarem sempre atentos e concentrados, para não se deixarem surpreender. Rui Patrício continuava sem muito trabalho, mas o frio não permitia que ele ficasse quieto, e só em cruzamentos para área portuguesa provocava alguns calafrios, mas na realidade, sem muito perigo.

  Ao intervalo, o empate talvez fosse mais justo, mas Portugal fez também por merecer o golo. No segundo tempo, não houve grandes alterações, a mesma toada de jogo, o terreno cada vez pior e à medida que o tempo avançava, com o resultado na vantagem mínima, os Luxemburgueses acreditavam e o seu treinador meteu toda a carne no assador, tirou elementos do meio campo e meteu avançados altos para o chuveirinho.

  Fernando Santos percebeu isso, não queria perder o controlo do jogo e meteu experiência, João Moutinho para o lugar de Pizzi para reforçar o meio campo defensivo e ao mesmo tempo sair com qualidade, mais tarde optou pela saída de André Silva por Diogo Jota, que acabou por ser decisivo no segundo golo de Portugal. A troca de Bruno Fernandes por Ruben Neves foi já para jogar com o relógio e dar mais uma internacionalização ao médio do Wolves.

  O segundo golo de Portugal é uma mistura de classe de Bernardo Silva, sorte de Diogo Jota, azar do guarda redes Luxemburguês e claro o faro matador de Cristiano Ronaldo que matou o encontro e fez o golo 99 da carreira ao serviço da Selecção.

  A vitória assenta bem, mas foi difícil, já se sabia, mas Portugal tinha de ganhar sem pensar no jogo da Sérvia e com isso carimbar o passaporte para o Euro 2020.

 Já está!!!
 Portugal está no Europeu 2020...

 É a sétima fase final consecutiva de Portugal num Europeu...

 Parabéns Portugal. 

 Filipe Simões


Reportar artigo?

Comentários


<- Voltar