Onde dá a Bola?

Artigo de Opinião

Quer escrever artigos de opinião? Contacte-nos aqui!.

As novas leis das televisões

Jogos de futebol a horas tardias

As novas leis das televisões

Caros leitores, hoje trago para reflexão um tema que há muito me deixa perplexo, e ao mesmo tempo, enquanto amante de futebol algo indignado.

Refiro-me aos horários e dias que atualmente os jogos são marcados. Vejamos o exemplo de hoje, dia 17 de Janeiro, com 2 clássicos do futebol a serem jogados a horas, e dia, que para mim são uma total falta de respeito para com os adeptos, e porque não dize-lo do próprio futebol.

Hoje jogam as principais equipas do nosso futebol, podendo também incluir neste lote, o Guimarães, e o Rio Ave, a uma sexta feira. As horas escolhidas, são completamente despropositadas, para quem trabalha, e gostaria de ver um jogo ao vivo. Que falta de bom senso, e sensibilidade para os adeptos.

O derby dos derby’s, o jogo de todas as paixões, o jogo de todas as emoções, o scp-benfica, que em miúdos, tantos desses derby’s jogamos na rua, que tantos desses derby’s, eram autenticas romarias de domingo á tarde, sim á tarde, em que o dia todo era uma festa, e um hino ao futebol, vê-se agora relegado, para uma simples, e modesta sexta feira a noite. Não merecia este jogo, ser disputado, a um domingo á tarde as 15h ? Com luz natural, em que as famílias pudessem, ou grupos de amigos, irem assistir ao jogo, sem ter que estar a “perder” tardes, ou horas de trabalho.

Mas vamos ao princípio da questão. Porque razão isto acontece? Quais os motivos que levam os clubes a aceitar tais horários? Simples caros leitores, e amigos, motivos puramente financeiros, e passo a explicar:

Há alguns anos atrás, quando surge o canal, que hoje irá transmitir esses dois jogos, a que me referi, sem que ninguém colocasse entraves, porque já na altura assim lhes dava muito jeito, fizeram com que os clubes, todos sem exceção, ficassem dependentes, e reféns das receitas televisivas para a sua própria sobrevivência, ou ganancia.

Hoje, é vê-los a receberem aveludadas quantias, com venda de direitos televisivos, por não sei quantos anos, e qual a consequência imediata desses atos? Isto mesmo, que assistimos, a que a televisão marque os jogos, ás horas e dias, que melhor que convém para efeitos de programação, e conquista de audiências. E respeito pelos adeptos, que por acaso até são os assinantes desse mesmo canal, é nenhum. Façam as contas, e vejam quando terão que pagar ao fim do mês, se quiserem ter tudo legal para poder ver os jogos do nosso campeonato, já nem me refiro ás ligas estrangeiras, e competições internacionais.

Não acham que é um contrassenso enorme, num país da Europa, que mais horas de sol tem, 90% dos jogos serem jogados à noite?

Texto por Pedro M.


Reportar artigo?

Comentários


<- Voltar