Onde dá a Bola?

Artigo de Opinião

Quer escrever artigos de opinião? Contacte-nos aqui!.

Violência e Contestação em Alvalade

Claque Juventude Leonina volta atacar...

Violência e Contestação em Alvalade

O julgamento do ataque à Academia continua a decorrer e nem assim consegue haver paz, tranquilidade em todo este processo, onde a violência fácil e gratuita continua na ordem do dia em Alvalade.

Com o apoio retirado pela Direcção do clube e com o Presidente Frederico Varandas sem medo a enfrentar a claque e recusando-se demitir, os elementos da claque optam pela coação e intimidação para tentar levar a sua avante. Hoje mais um espectáculo degradante a mostrar que este tipo de gente devia ser proibida de entrar nos recintos desportivos, banidos mesmo do desporto em Portugal, é gente que está a mais neste mundo.

O Governo tem de pôr fim a este flagelo, seja no Sporting, Benfica ou no Porto, este tipo de gente não pode estar nos mesmos espaços com famílias, com crianças perto, a incentivar ao ódio e à violência.

É uma luta difícil, pode demorar anos, mas é uma guerra que deve ser travada e não pode ser só o Sporting neste caso, porque o que aconteceu na Academia em Alcochete devia ser um despertar de consciências no geral. Incrível como existe tanta gente com responsabilidade que assobia para o lado e prefere não mexer uma palha e vamos diariamente assistindo a estes espectáculos deprimentes.

Ontem Alvalade assistiu a duas vitórias importantes no Futsal e no Futebol Profissional num ambiente explosivo, de guerrilha e contestação... Outrora vencer o rival era motivo de júbilo, hoje ficou claramente para segundo plano, a preocupação foi sair a correr do Pavilhão João Rocha e ir montar uma pequena manifestação barulhenta.
 Dentro do Estádio foi ver os sócios e outros adeptos assobiarem as claques sempre que ela tentavam inutilmente pedir a demissão do Presidente e isso tem sido uma constante nos jogos em Alvalade. Porque existem sportinguistas que reconhecem trabalho e dedicação à actual direcção e entendem que as eleições que deram o poder a Frederico Varandas foram as mais concorridas de sempre da história do clube e como tal, é um Presidente legítimo.
 Resta saber até quando se vai viver neste clima, uma coisa parece ser certa, nenhuma das partes vai ceder e isto pode não ter fim.

Texto por Filipe S.


Reportar artigo?

Comentários


<- Voltar