OndeBola - Onde dá a Bola?

Artigo de Opinião

Quer escrever artigos de opinião? Contacte-nos aqui!.

Rescaldo da Jornada 8 da Primeira Liga

Tudo na mesma na tabela classificativa...

Rescaldo da Jornada 8 da Primeira Liga

Terminou a jornada 8 da Liga NOS e na frente tudo na mesma, sem alterações na classificação onde os primeiros 4º classificados ganharam todos pela margem mínima e com muitas dificuldades.


Em Alvalade o Sporting apanhou pela frente um Moreirense muito personalizado que se apresentou em campo no mesmo sistema tático que os leões, criando bastantes dificuldades aos homens de Ruben Amorim. A formação de Moreira de Cónegos entrou praticamente a vencer, depois de dois avisos do Sporting. A equipa leonina chegou ao empate num lance polémico, pelo inevitável Pedro Gonçalves que aproveitou um ressalto para fazer o golo. Golo esse ilegal porque a bola ressaltou para o braço, o arbitro não viu e o VAR que devia ter visto nada fez.

No segundo tempo, novamente Pedro Gonçalves fez o golo da vitória do Sporting num remate à entrada da área, mas com o guarda redes do Moreirense a ter culpas no lance, podia ter feito melhor.
Nos Açores, o Porto venceu o Santa Clara por uma boa a zero, fruto de um golaço de Luiz Diaz, uma bicicleta acrobática deu os 3 pontos aos Dragões. Foi um jogo equilibrado, mas com o Porto a estar sempre mais perigoso e perto de chegar ao golo, com os açorianos só a espaços a conseguirem ir lá à frente incomodar o guarda redes portista.
No segundo tempo, o Porto controlou o jogo, o Santa Clara nunca conseguiu criar uma ocasião digna de golo, pelo que a vitória dos Dragões é justa.

Na Pedreira, o Braga sofreu a bom sofrer para conquistar os 3 pontos frente ao Farense e só nos descontos conseguiu chegar ao golo num lance de insistência apontado por Ali Elmusrati. Num jogo em que os Algarvios também marcaram, mas que foi bem anulado por fora de jogo de Gauld após erro do guarda redes bracarense.
Num jogo em que o Braga teve mais oportunidades de golo, valeu as boas intervenções do guardião algarvio a evitar males maiores para o Farense.

Na Madeira, o Benfica venceu por 2-1 o Marítimo, num jogo praticamente de sentido único. Mas foi os homens da casa que chegaram ao golo em mais um erro inadmissível de Otamendi que ofereceu de bandeja a bola a Rodrigo Pinho que fez o 1-0 para o Marítimo.
Daqui para a frente só deu Benfica, com os pupilos de Vidigal apostarem no contra ataque e no erro do adversário. O empate por Pizzi trouxe justiça ao marcador, num lance bem desenhado. Os encarnados chegaram à vantagem também num lance polémico, os jogadores do Marítimo pediram falta, o árbitro marcou ao contrário e na condução do lance, a bola chegou aos pés de Everton que num lance fantástico fez o golo da vitória do Benfica.

A jornada começou na sexta feira com as vitórias do Paços Ferreira em casa por 2-0 frente ao Famalicão e do Guimarães em Tondela, confirmando o bom campeonato que estas equipas estão a fazer. O Famalicão continua numa onda inconstante de resultados e ainda não conseguiu estabilizar, enquanto o Tondela tarda em acertar e não consegue fugir aos últimos lugares da tabela.
Destaque para a vitória do Portimonense e do Gil Vicente frente ao Nacional e ao Rio Ave, em dois jogos em que a vitória podia ter caído para qualquer dos lados, mas valeu a eficácia dos locais para conquistar os 3 pontos. O Gil Vicente estreou novo treinador e não podia ter melhor resultado, a vitória deu outro alento aos gilistas.

No Bessa, o único jogo sem golos, sem história, com o Boavista e B SAD anularem-se em todos os setores, mesmo assim pertenceram aos axadrezados as melhores oportunidades de golo e foi a equipa que mais perto teve de marcar. Mas no geral, um jogo pobre e sem emoção.


Reportar artigo?

Comentários


<- Voltar