OndeBola - Onde dá a Bola?

Artigo de Opinião

Quer escrever artigos de opinião? Contacte-nos aqui!.

Chuva de processos disciplinares em Alvalade

Conselho Disciplina da FPF faz marcação cerrada ao Sporting...

Chuva de processos disciplinares em Alvalade

Decorridas que estão apenas nove jornadas da Liga NOS, em Alvalade tem chovido processos disciplinares, castigos e multas sem parar, com o Conselho Disciplina da FPF a fazer marcação cerrada aos dirigentes, treinadores e jogadores do Sporting.

Parece que o bom inicio de época do Sporting está a fazer mossa e avaliando pelos motivos que levaram à contestação dos leões, alguns dos quais são válidos, não deixa de ser estranho que a liberdade de expressão esteja condicionada para os leões.

Em relação ao processo disciplinar a Frederico Varandas após troca de palavras com Pinto da Costa, presidente do Porto, o veterano líder dragão foi poupado após as suas declarações, o mesmo sucedendo com o treinador portista, que tem falado e falado nas sucessivas conferências de imprensa, até em picardias com outros treinadores, como foi recentemente com o treinador do Tondela e no entanto, passa em claro para o CD.

Puxando o filme atrás, à altura da expulsão de Ruben Amorim no derby com o Porto em Alvalade, ficou o mesmo CD de investigar os protestos do banco portista no já famoso lance da grande penalidade para o Sporting assinalada e depois revertida pelo VAR, onde através das imagens televisivas, vê-se que do banco azul e branco foi dito tudo menos " bom dia ". No entanto, o treinador leonino foi expulso após os seus protestos e bem expulso.
No final do derby, foi a vez do presidente leonino Frederico Varandas mostrar a sua indignação e lá está, processo disciplinar aplicado pelo CD. Muito trabalho tem tido este orgão disciplinar com o presidente do Sporting, que só nos últimos 2 meses e visitando o site da FPF e os comunicados do CD, são 4 os processos disciplinares a visar Frederico Varandas.

Processo Disciplinar nº 15 2020/2021 a Frederico Varandas
Processo Disciplinar nº 17 2020/2021 a Frederico Varandas
Processo Inquérito nº 5 2020/2021 a Ruben Amorim
Processo Disciplinar nº 24 2020/2021 a Frederico Varandas, João Mário e Miguel Braga

Ruben Amorim que ao longo da sua carreira desportiva enquanto atleta profissional que começou na época 2003/2004 ao serviço do Belenenses, Benfica, Braga e Al-Wakrah do Cátar sempre teve uma folha disciplinar exemplar, limpa, nunca foi expulso, tal como na sua curta carreira de treinador, onde ao serviço do Braga B e Braga também nunca recebeu ordem de expulsão. Eis que chega ao Sporting e em ao fim de nove jornadas soma duas expulsões. Parece perseguição dos árbitros, mas não é, são as circunstâncias normais do futebol em Portugal, cujo existe muita falta de qualidade na arbitragem, onde eles não fazem por mal, são mesmo maus e esse será o cancro do futebol nacional.
Resta saber se o desabafo de Adan na rede social twitter com Casillas não vai ser também objeto de análise para um possível processo disciplinar ao espanhol.

O internacional português João Mário regressou este ano a Portugal e ao seu Sporting, onde está a ser alvo de um processo disciplinar pelas afirmações no flash interview após a partida com o Famalicão. Depois de passagens por vários campeonatos europeus como Itália, Inglaterra e Rússia, possivelmente já se terá esquecido de como funciona as coisas em Portugal, pelo que terá de ter cuidado com as declarações no futuro.
O desfecho destes processos terão como decisão dias de suspensão e uma multa dos seus intervenientes, pelo que em caso de o Sporting recorrer, não terá efeitos suspensivos.

 


Reportar artigo?

Comentários


<- Voltar