OndeBola - Onde dá a Bola?

Artigo de Opinião

Quer escrever artigos de opinião? Contacte-nos aqui!.

Sporting SAD começa a executar dívida de Rafael Leão

Penhoras de bens do jogador em ação...

Sporting SAD começa a executar dívida de Rafael Leão

A Sporting SAD começou a executar dívida de Rafael Leão através da penhora de bens do jogador na sua residência em Portugal, sendo certo que já deu entrada na FPF, também o pedido dos leões de penhora dos prémios do jogador ao serviço da Seleção Nacional Sub-21 e além da execução de bens do jogador nas moradas em França e Itália, o Sporting também já deu entrada com o processo de penhora do ordenado de Rafael Leão, atualmente ao serviço dos italianos do Milan.

Relembra-se que Rafael Leão rescindiu com o Sporting em Maio de 2018, após o ataque em Alcochete, à Academia dos leões por parte de elementos da claque Juventude Leonina. O atleta na altura ao serviço da equipa B dos leões, com passagens esporádicas pela equipa principal orientada pelo atual treinador do Benfica, Jorge Jesus, entendeu que corria perigo e rescindiu o contrato que o ligava aos leões.

Formado no clube e visto com a joia da coroa da formação dos leões, Rafael Leão era um valor de futuro, e os responsáveis do Sporting nunca se conformaram com a rescisão de contrato do atleta. 
O jogador foi condenado pelo TAD - Tribunal Arbitral do Desporto ao pagamento de 16,5 milhões euros + juros que pode chegar aos 18 milhões euros, com o atleta através dos seus advogados a meter uma ação de anulação, mas sem efeitos suspensivos.
Os advogados do Sporting e o agente de execução já procederam ao levantamento de duas ações de execução de dívida de bens do jogador em Portugal, uma no valor de 26 mil euros e outra no valor de 12 mil euros, já registado no site Citius, curiosamente o jogador não se opôs a estas execuções.
O Sporting não perdoa a " traição " de Rafael Leão, visto que o Sporting é que lhe deu condições para fazer dele jogador profissional e muito do que ele é hoje, se deve aos leões. Ainda por cima, de todos os jogadores que rescindiram, Rafael Leão foi o único atleta com que o Sporting não chegou acordo, uma vez que o Lille se recusou acordar com os leões um valor justo, o que aconteceu por exemplo com os casos de Rui Patrício, Gelson Martins, William Carvalho e Daniel Podence.

Já deu entrada também na FPF o pedido de penhora dos prémios do atleta ao serviço da Seleção Nacional, assim como o pedido de penhora dos salários de Rafael Leão ao serviço do Milan, sendo que os italianos deverão ser notificados nos próximos dias.
O Sporting ao ataque para minimizar os seus prejuízos já tão avultados que o ataque de 15 Maio na Academia provocou aos leões, sendo sem margem para dúvida a página mais negra da história do clube.
Os leões que ja receberam do Wolverhampton 18 milhões euros, do Atl. Madrid 22 milhões, do Bétis 16 milhões e do Olympiacos 7 milhões, querem também receber o valor que têm direito por Rafael Leão e que ganharam no TAD.

Filipe Simões


Reportar artigo?

Comentários


<- Voltar