OndeBola - Onde dá a Bola?

Artigo de Opinião

Quer escrever artigos de opinião? Contacte-nos aqui!.

O Silêncio da ANTF perante os acontecimentos de Portimão

CD aplica multas a Paulo Sérgio e Sérgio Conceição...

O Silêncio da ANTF perante os acontecimentos de Portimão

O futebol português assistiu a mais um vergonhoso episódio que marca o estado com que se vive o futebol cá no burgo. Antigamente assistia-se a picardias entre treinadores de clubes rivais, agora assistimos a um treinador do campeão nacional e o treinador do Portimonense a trocar galhardetes e quase a chegar ao confronto físico.

Sérgio Conceição e Paulo Sérgio mais do que agressões verbais, tiveram de ser separados e afastados pelo staff e jogadores de ambas as equipas. O treinador do Porto somou a terceira expulsão desta época e pasme-se os mais distraídos, já foi expulso 16 vezes na sua ainda curta carreira de treinador, onde passou por clubes como Olhanense, Académica, Braga, Guimarães e Nantes de França, antes de assentar bagagens no Dragão.

Esperava-se mão pesada do Conselho Disciplina da FPF, mas para surpresa de todos ou talvez não, uma multa e um processo disciplinar e resolve-se a questão para já. O treinador do Portimonense foi multado em pouco mais de 600 euros, enquanto o treinador do Porto, foi multado em mais de 2000 mil euros.

Estranho também é o silêncio da ANTF - Associação Nacional Treinadores Futebol, que tão energicamente apresentou queixa contra Ruben Amorim por não ter o IV Nível UEFA PRO, mas perante este caso que devia envergonhar a própria Associação, nada disse, nada fez e o seu Presidente que nunca foi treinador, mantêm-se em silêncio perante o sucedido em Portimão.

No futebol português existem clubes que são intocáveis, não convém enfrentar seus agentes desportivos, quer por medo de represálias ou porque um dia mais tarde pode dar jeito o apoio do Porto e ter Sérgio Conceição como sócio da ANTF é melhor do que não ter e como Ruben Amorim não é sócio da Associação, é o alvo abater por estas entidades.

Voltando ao Conselho Disciplina da FPF, não percebe a instauração de um processo disciplinar a ambos os treinadores, e não já o castigo efetivo, uma vez que as imagens são claras e inequívocas, passaram-se perante os delegados da Liga, do árbitro Rui Costa, do arbitro auxiliar e do 4º árbitro. Se tudo o que os telespetadores assistiram em direto não foi escrito no relatório do árbitro e também assinalados nos relatórios dos delegados da Liga, então estas entidades de decisão estão adulterar a verdade desportiva e é sinal que nem tudo o que se passa nos campos e são vistos pelos árbitros são mencionados nos respetivos relatórios.

Entende-se que o Conselho Disciplina ante ocupado com os casos Palhinha e Ruben Amorim e a tentar descobrir maneira de tramar os leões, que não revelam capacidade, nem poder de decisão em casos que seriam fáceis de tomar logo uma decisão. Resta saber o que irá resultar dos respetivos processos disciplinares a Sérgio Conceição e Paulo Sérgio e em caso de suspensão quando irá ser cumprida, se na paragem do campeonato ou se só na próxima época.

Ficamos também na expetativa se a ANTF irá reagir ainda ou se irá continuar em silêncio, eles que recentemente andavam bastante ativos na defesa da sua causa.


Reportar artigo?

Comentários


<- Voltar